Criação de codornas: Apostila de Criação de Codornas

Tempo de leitura: 4 minutos

Criação de codornas: Apostila de Criação de Codornas

A criação de codornas é considerada muito vantajosa, já que são animais que tem boa reprodução, ou seja, produzem ovos rapidamente e com bastante frequência. Além disso são animais pequenos, então o gasto com o local não precisa ser tão alto.
As codornas também têm uma melhor saúde que as galinhas, já que tem uma pequena quantidade de hormônio na região da pele e seu ovo também é mais saudável do que o das galinhas, ganhando mais consumidores.

Por quê fazer criação de codornas?

Para a pessoa que tem pouco espaço e para os criadores iniciantes com a criação de aves, a criação de codorna é a ideal para iniciar, isso porque em qualquer lugar tem demanda por ovos de codorna e como eu disse acima, elas demandam pouco espaço e são mais saudáveis que as galinhas.
Porém para quem quer fazer criação de codornas para a reprodução, o custo fica maior já que as codornas não chocam seus próprios ovos quando vivem em cativeiro e por isso é necessário recorrer a amas ou ao uso de equipamentos que possam garantir que as aves nasçam.

Vantagens dos ovos de codorna

Como eu disse acima, os ovos de codorna são mais saudáveis do que os ovos de galinha, mas você sabe porquê? Então, os ovos de codorna têm pouco colesterol e são ricos em proteína, vitamina B1 e B2 e minerais como ferro, fósforo, magnésio, manganês, enxofre e cálcio.
A diferença de nutrientes entre o ovo de galinha e o ovo de codorna é expressiva, o ovo de codorna tem por exemplo 5 vezes mais de ferro e potássio que o ovo de galinha e seu valor nutricional é 3 a 4 vezes maior que o ovo de galinha.

Como fazer criação de codorna

O local ideal para fazer a criação de codornas é em fazendas ou sítios, pois é necessária uma estrutura de madeira com pelo menos 16 metros quadrados para abrigar cerca de 2.000 codornas.
O forro desse galpão pode ser de madeira, as paredes devem ser caiadas e o chão pode ser de barro, tijolo ou cimento. Pelo baixo custo e fácil manejo, alguns criadores preferem colocar telhas de amianto, mas é preciso tomar cuidado com o material a ser utilizado, para que a temperatura fique adequada.

A temperatura média nesse ambiente deve ser entre 20 e 23 graus para que não ocorram prejuízos na capacidade fértil das codornas e por isso é necessário ter uma boa circulação de ar e também que o local não seja muito quente.

As codornas devem ficar abrigadas em gaiolas de arame ou algo do tipo. Essas gaiolas podem ter um metro de altura por trinta centímetros de altura e nelas podem ser acomodadas até quinze fêmeas. Caso você tente acomodar mais do que isso no mesmo local, elas podem começar a brigar por espaço e também por alimento. Mas para que elas não briguem por alimento, certifique-se de que sempre tenha bastante espalhado pelo chão.

As codornas colocam seus ovos no chão, então é preciso que o local esteja apto para recebe-los. Faça uma gaiola que tenha um pequeno declive no piso e que esse declive esteja direcionado para o fundo da gaiola e no final do declive deve ter serragem suficiente para amparar os ovos.
Se você quiser fazer uma criação menor, também pode fazer em fundos de quintais, mas é preciso respeitar esse número de codornas por metro quadrado. Além disso, tenha em mente que as codornas não gostam de tomar sol e nem vento diretamente.

A alimentação deve ser de qualidade para evitar que as aves tenham algum tipo de doença. Além disso, você deve ter à disposição medicamentos e vitaminas para que sejam utilizados quando necessário e é claro que elas devem ser mantidas em um ambiente limpo e livre de doenças. A água também deve ser abundante no local e de boa qualidade, para certificar que as aves fiquem hidratadas e que também seja feita a desinfecção correta do local com periocidade.

Apostila de Criação de Codornas

Para te ajudar a criar melhor as suas codornas eu indico uma apostila muito boa que ensina tudo aquilo que você precisa saber para criar codornas da melhor maneira possível.

A codorna doméstica, difundida pela sua alta produtividade é explorada com o objetivo de produzir carne e ovos.

Esta apostila tem como finalidade levar aos inúmeros interessados na criação de codornas os conceitos básicos de manejo, alimentação e reprodução, extremamente fundamentais para um bom desempenho da criação, seja profissional ou simplesmente por hobby.

Alguns dos assuntos abordados: Iniciando a criação, Gaiolas Criadeiras; Incubação, Como fazer uma incubadeira, filhotes, reprodutores; Cuidados; Criação caseira; Criação comercial; Abrigos funcionais; Comedouros; Bebedouros; Gavetas para engorda; Alimentação; Como prevenir doenças; Mercado; O ovo de codorna entre outros.